top of page
  • Foto do escritorRuptura

Agroecologia e capitalismo: contradições e limites jurídicos (2022)

A sugestão de hoje complementa o conteúdo a respeito das críticas ao modelo agrícola capitalista baseado em monoculturas que realizamos nesta semana.


O livro "Agroecologia e capitalismo: contradições e limites jurídicos" da Professora Vanessa de Castro Rosa é uma obra essencial para entender os perigos do agronegócio e as possibilidades da agroecologia como um caminho alternativo para uma produção que considera a segurança e a soberania alimentar e o respeito aos ciclos e ao equilíbrio ecológico.


Confira a descrição da obra:


Ao mesmo tempo que os problemas ambientais vão aumentando e se agravando, a produção legislativa ambiental, nas esferas internacional e nacional, também aumenta, o que coloca em xeque a efetividade da proteção ambiental desempenhada pelo direito, permitindo questionar a forma do paradigma normativista-kelseniano em lidar com a questão ambiental dentro do capitalismo. O objetivo da presente pesquisa consiste em investigar os limites jurídicos da concretização da agroecologia no modo de produção capitalista, a partir do método do materialismo histórico, busca-se investigar o cerne da questão ambiental em seu âmago, e não a partir de espectros que supostamente tentam proteger o meio ambiente a partir de sistemas normativos desconexos da realidade do modo de produção. Não há como estancar o processo de exploração da natureza, apenas na esfera normativa, sem enfrentar o modo de produção que impulsiona a acumulação de capital, a produção e consumo em escala ascendentes, a valorização do valor, as trocas a partir do valor de troca (e não valor de uso) e na dissociação entre ser humano e natureza e entre ciência e conhecimento tradicional. Nesse sentido, a Agroecologia se mostra como uma importante ferramenta para quebrar paradigmas jurídicos e reconstruir uma nova forma de produção agrícola e de relação entre sociedade e natureza.


15 visualizações0 comentário
bottom of page